Publicado Por :

ADM Balcao

Anuncie sua Marca no Balcão das Marcas

150 150 ADM Balcao

Bem vindos ao Balcão das Marcas

150 150 ADM Balcao

Global 2000: as maiores empresas de alimentos e bebidas do mundo em 2020

150 150 ADM Balcao

Chame de compra por pânico ou estocagem, mas, independente do nome, o coronavírus impulsionou a indústria de alimentos e bebidas. As 25 principais empresas do setor geraram US$ 815 bilhões em receita no ano passado, um pouco acima dos US$ 800 bilhões em 2019. Os lucros, por sua vez, aumentaram para US$ 91 bilhões, contra US$ 80 bilhões no ano passado.

A Nestlé é novamente a maior empresa de alimentos do mundo, mantendo-se no topo da indústria – com as vendas de seus alimentos congelados, como Hot Pockets, Stouffer’s e DiGiorno -, ao lado de marcas de café como Nespresso. O conglomerado com sede na Suíça tem 30% das vendas nos Estados Unidos e, por isso, acrescentou turnos extras aos funcionários de muitas de suas quase 70 fábricas nos país para atender ao aumento da demanda.

O lucro da Nestlé no ano passado chegou a US$ 13 bilhões, um aumento de 30%. Esta é uma das principais métricas que a Forbes usa todos os anos para analisar empresas que farão parte da lista Global 2000 –a classificação abrangente das empresas de capital aberto mais poderosas do mundo, medida por uma pontuação composta de receita, lucro, ativos e valor de mercado. Na lista geral, a Nestlé ficou em 41º lugar, uma posição acima do ano passado.

A companhia com sede na Suíça foi brevemente destronada pela Anheuser-Busch InBev em 2018, mas ainda detém o título de principal empresa de alimentos há mais de uma década. Neste ano, a AB InBev ficou em segundo lugar, após registrar prejuízo de US$ 2 bilhões em vendas por conta dos impactos causados pelo fechamento de bares e restaurantes, e é seguida pela Pepsi em terceiro.

Veja mais em : https://forbes.com.br/listas/2020/05/global-2000-as-maiores-empresas-de-alimentos-e-bebidas-do-mundo-em-2020/

As 10 Marcas mais valiosas do Brasil em 2019

150 150 ADM Balcao

01 – Bradesco (banco): US$ 9,468 bilhões
02 – Itaú Unibanco (banco): US$ 8,368 bilhões
03 – Skol (cerveja): US$ 7,253 bilhões
04 – Brahma (cerveja): US$ 3,781 bilhões
05 – Globo (comunicação): US$ 3,624 bilhões
06 – Antarctica (cerveja): US$ 2,672 bilhões
07 – Magazine Luiza (varejo): US$ 2,287 bilhões
08 – Petrobras (energia): US$ 2,002 bilhões
09 – Renner (varejo): US$ 1,903 bilhão
10 – Amil (saúde): US$ 1,840 bilhão

Após seis anos na liderança, a Skol deixou de ser a marca mais valiosa do Brasil, segundo o ranking BrandZ Brasil, produzido pelo grupo WPP e pela empresa de pesquisa Kantar. Em 2019, a marca de cerveja caiu para a terceira posição, com valor estimado em US$ 7,253 bilhões.

O primeiro lugar ficou com o Bradesco, com valor de marca de US$ 9,468 bilhões –alta de 35% em relação ao ano passado. Em segundo lugar aparece o Itaú Unibanco, com valor de marca de US$ 8,368 bilhões, 35% maior que em 2018.

A soma das 60 marcas mais valiosas do Brasil chegou a US$ 69,9 bilhões, apresentando uma alta de 11% em relação a 2018. Para calcular o valor de cada marca, o ranking considera duas dimensões: a financeira, feita pela Bloomberg, e o valor de contribuição da marca, feito pela Kantar. Neste estudo, são levadas em consideração apenas as marcas nacionais.

(Colaboração para o UOL, em São Paulo 03/06/2019 15h28)

FONTE: https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2019/06/03/novo-estudo-aponta-bradesco-como-a-marca-mais-valiosa-do-brasil.htm

THE BESTS – As 20 marcas mais valiosas do mundo em 2019

150 150 ADM Balcao

Em pesquisa realizada em 2019, a Forbes identificou as empresas mais valiosas do mundo ano passado.
A análise partiu de uma amostra de mais de 200 marcas globais, incluindo tanto corporativas quanto de consumo. As informações foram reunidas a partir do relatório das empresas, da pesquisa na bolsa de Wall Street e de especialistas das indústrias.

Veja, a seguir, as 20 marcas mais valiosas do mundo:

  1. Apple
    Valor: US$ 205,5 bilhões
    Variação em um ano: 12%
    Receita: US$ 265,8 bilhões
    Indústria: Tecnologia
  2. Google
    Valor: US$ 167,7 bilhões
    Variação em um ano: 27%
    Receita: US$ 136,2 bilhões
    Investimento em publicidade: US$ 6,4 bilhões
    Indústria: Tecnologia
  3. Microsoft
    Valor: US$ 125,3 bilhões
    Variação em um ano: 20%
    Receita: US$ 110,2 bilhões
    Investimento em publicidade: US$ 1,6 bilhão
    Indústria: Tecnologia
  4. Amazon
    Valor: US$ 97 bilhões
    Variação em um ano: 37%
    Receita: US$ 211,4 bilhões
    Investimento em publicidade: US$ 8,2 bilhões
    Indústria: Tecnologia
  5. Facebook
    Valor: US$ 88,9 bilhões
    Variação em um ano: – 6%
    Receita: US$ 48,8 bilhões
    Investimento em publicidade: US$ 1,1 bilhão
    Indústria: Tecnologia
  6. Coca-Cola
    Valor: US$ 59,2 bilhões
    Variação em um ano: 3%
    Receita: US$ 23,8 bilhões
    Investimento em publicidade: US$ 4,1 bilhões
    Indústria: Bebidas
  7. Samsung
    Valor: US$ 53,1 bilhões
    Variação em um ano: 11%
    Receita: US$ 221,6 bilhões
    Investimento em publicidade: US$ 3,6 bilhões
    Indústria: Tecnologia
  8. Disney
    Valor: US$ 52,2 bilhões
    Variação em um ano: 10%
    Receita: US$ 33,8 bilhões
    Investimento em publicidade: US$ 2,8 bilhões
    Indústria: Lazer
  9. Toyota
    Valor: US$ 44,6 bilhões
    Variação em um ano: 0%
    Receita: US$ 190,8 bilhões
    Investimento em publicidade: US$ 4,6 bilhões
    Indústria: Automotiva
  10. McDonald’s
    Valor: US$ 43,8 bilhões
    Variação em um ano: 6%
    Receita: US$ 96,1 bilhões
    Investimento em publicidade: US$ 389 milhões
    Indústria: Restaurantes
  11. AT&T
    Valor: US$ 41,3 bilhões
    Variação em um ano: -1%
    Receita: US$ 170,8 bilhões
    Investimento em publicidade: US$ 5,1 bilhões
    Indústria: Telecomunicações
  12. Louis Vuitton
    Valor: US$ 39,3 bilhões
    Variação em um ano: 17%
    Receita: US$ 15,5 bilhões
    Investimento em publicidade: US$ 6,5 bilhões
    Indústria: Artigos de luxo
  13. Intel
    Valor: US$ 38,8 bilhões
    Variação em um ano: 14%
    Receita: US$ 70,8 bilhões
    Investimento em publicidade: US$ 1,2 bilhão
    Indústria: Tecnologia
  14. Nike
    Valor: US$ 36,8 bilhões
    Variação em um ano: 15%
    Receita: US$ 36,7 bilhões
    Investimento em publicidade: US$ 3,6 bilhões
    Indústria: Vestuário
  15. Cisco
    Valor: US$ 34,5 bilhões
    Variação em um ano: 7%
    Receita: US$ 49,3 bilhões
    Investimento em publicidade: US$ 166 milhões
    Indústria: Tecnologia
  16. GE
    Valor: US$ 34,3 bilhões
    Variação em um ano: – 8%
    Receita: US$ 98,8 bilhões
    Indústria: Diversificada
  1. Mercedes-Benz
    Valor: US$ 33,2 bilhões
    Variação em um ano: – 3%
    Receita: US$ 125,9 bilhões
    Indústria: Automotiva
  2. Oracle
    Valor: US$ 32,2 bilhões
    Variação em um ano: 4%
    Receita: US$ 39,6 bilhões
    Investimento em publicidade: US$ 138,8 milhões
    Indústria: Tecnologia
  3. Verizon
    Valor: US$ 31,7 bilhões
    Variação em um ano: 1%
    Receita: US$ 130,9 bilhões
    Investimento em publicidade: US$ 2,7 bilhões
    Indústria: Telecomunicações
  4. IBM
    Valor: US$ 31,5 bilhões
    Variação em um ano: – 2%
    Receita: US$ 79,6 bilhões
    Investimento em publicidade: US$ 1,5 bilhão
    Indústria: Tecnologia

fonte:https://forbes.com.br/listas/2019/05/as-100-marcas-mais-valiosas-do-mundo-em-2019/